Policiais Militares e integrantes do Sistema de Defesa Social fazem curso de Libras em Paulo Afonso

A sensação de abraçar a todos os que precisam do suporte da Polícia Militar fez com que o efetivo do 20º Batalhão (BPM) Paulo Afonso iniciasse, na manhã desta segunda-feira (4), a segunda turma do Curso Básico de Libras. A busca pelo auxílio no atendimento das ocorrências para surdos é o principal intuito da capacitação.

Das quarenta e duas vagas ofertadas, 18 foram destinadas aos policiais militares que compõem o efetivo da unidade e 24 vagas foram oferecidas para integrantes do Exército Brasileiro, Polícia Rodoviária Federal, do Corpo de Bombeiros, agentes penitenciários e de trânsito além de outros servidores que integram o Sistema de Defesa Social (SDS).

Com carga horária de quarenta horas divididas em duas semanas, os participantes do curso aprenderão sobre a história e cultura do surdo, legislações brasileiras, conceitos de línguas de sinais, libras no cotidiano, além de noções de gramática. Ao final do curso será realizada uma formatura e a entrega de certificados.

Segundo o comandante do 20º BPM, tenente-coronel Carlos Humberto da Silva Moreira a sensação é de missão cumprida. “Melhorar a qualidade do nosso efetivo no atendimento a classe dos surdos dando mais dignidade e segurança é o nosso principal ideal”, pontuou.

Fonte: Ascom/ SSP-BA

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *